Entretenimento

JOINVILLE: Morador ganha porco na rifa da Fazendinha: ‘não sei onde vou deixar’

Por  | 

O tão esperado sorteio da rifa da Fazendinha, que viralizou em todo o Brasil, foi transmitido ao vivo nesta semana, com compradores cruzando os dedos em vários locais do país.

>> PARTICIPE DO NOSSO GRUPO DE NOTÍCIAS <<<

E para quem ganhou um salame ou um torresmo, o destino já é certo. Mas o que fazer se você ganhou um porco? Essa é a dúvida de um morador de Joinville, que saiu vencedor do sorteio.

Guilherme Tavares Cassetta comprou dez bilhetes antes mesmo da rifa viralizar após a chamada dos prêmios em uma sessão da Câmara de Vereadores de Nova Veneza, onde fica a escola que promoveu a famosa rifa para custear as atividades com os alunos.

 “Eu tenho um amigo que se formou em Joinville e está trabalhando lá. Soube antes de viralizar e comprei dez rifas com o intuito de tentar ganhar um dos bichinhos e deixar ele vivo”, conta o joinvilense.

A expectativa dele era ganhar um animal mais fácil de cuidar, como um pato. E as chances de vencer o sorteio eram bem reduzidas: depois que a rifa viralizou, mais de 48 mil bilhetes foram vendidos.

Assista como foi o sorteio da Rifa da Fazendinha de escola no Sul de Santa Catarina

Mas para a surpresa de Guilherme, o nome dele acabou sendo chamado logo na divulgação do terceiro prêmio, um dos três porcos sorteados. “Eu fiquei bem eufórico, ainda nem acredito que de 48 mil bilhetes um dos meus 10 foi premiado”, comemora.

O desafio, agora, é descobrir o que fazer com o prêmio. A escola ainda não entrou em contato com ele e a viagem até o Sul de Santa Catarina levaria, pelo menos, sete horas. “Agora não sei o que vou fazer com o porco e nem onde vou deixar”, diz Guilherme.

Apesar do “problema”, o joinvilense está feliz com o prêmio e a rifa da Fazendinha acabou sendo um sucesso.

 

Inf. ND+

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *