0:00
0:00
domingo, 25 de setembro de 2022

Cinco pessoas da mesma família morrem afogadas no Piauí

Participe do nosso grupo e receba as principais notícias na palma da sua mão.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatApp.

A pacata cidade de Nazária, a 51 km da capital Teresina ( Piauí ), foi tomada pelo choque e comoção após a tragédia que vitimou cinco jovens. Todos pertencentes à mesma família, as vítimas morreram afogadas no Rio Parnaíba.

O município de oito mil habitantes tem o rio como parte da fonte de renda e lazer, sendo muito frequentado pela população e turistas. O grupo, formado por 11 pessoas, percorreu uma estrada de terra para chegar ao local, rota usada por pescadores.

A estrada leva à margem do rio e o grupo atravessou a pé. Naquele ponto, a profundidade da água chega a poucos centímetros. No entanto, as vítimas e outros integrantes foram para o outro lado da margem, na divisa com o estado do Maranhão.

Neste outro ponto, a profundidade pode chegar a três metros e, por passar o trecho de um canal, as águas são mais velozes. Com o movimento circular na área, o risco de afogamento aumenta consideravelmente.

José tinha apenas 16 anos e sonhava em ser veterinário, além de adorar fotografar. É dele as últimas imagens antes da tragédia com os membros de uma comunidade evangélica da cidade. Francisca Daniele, também integrante do grupo, perdeu as duas filhas: Eduarda Kemylly , de 7 anos e Ana Ketlelly, de 11. Ela ouviu os gritos das crianças e tentou salvá-las.

Com a saudade, Daniele sequer conseguiu voltar para casa, com todas as lembranças e brinquedos das meninas. Além de José, Kamile e Ketlen, morreram Vitória Sales, de 13 anos, e Marcos Vinicius, de 8 anos. Agora, os familiares e os habitantes de Nazária vivem o luto e tentam voltar à rotina.

 

Fonte: SCC10

Deixe um comentário

 

Sugestão de Pauta