Geral

ALTO VALE: Após um mês preso, irmão de homem acusado de matar Vanisse Venturi é solto

Por  | 

Isael Venturi, irmão de Isonir, esposo e principal suspeito pelo desaparecimento de Vanisse Venturi, foi solto na noite desta quinta-feira (19), após ser preso no dia 21 de julho por suspeita de participação no crime.

Segundo as investigações, a moradora de Agronômica foi morta no ano passado entre a noite de 22 de julho e a madrugada do dia seguinte. O marido dela, preso desde o mês de junho, nega que tenha atentado contra a vida da esposa e diz que os dois tomaram café da manhã juntos no dia 23 de julho, ele foi trabalhar e quando voltou não a encontrou mais.

O caso já completou um ano e o corpo ainda não foi achado. Cães farejadores chegaram a ser usados em buscas na propriedade da família, mas não há indícios do corpo.

O casal não tinha histórico de violência, mas a mulher queria a separação, segundo a família. Vanisse desapareceu no dia do aniversário do filho caçula, que estava completando 12 anos na época. O garoto e o outro irmão, maior de idade, seguiram vivendo com o pai após o sumiço da mãe.

Com a prisão do pai, eles moram sozinhos agora.