Geral

SC: Sem consenso, vacinação de adolescentes fica para a próxima semana

Por  | 

Apesar do anúncio da Secretaria de Estado da Saúde (SES) nesta semana de que levaria aos secretários municipais de saúde a proposta de iniciar imediatamente a vacinação contra a Covid de adolescentes com comorbidades, o assunto não avançou.

Segundo o secretário de Saúde do Estado, André Motta Ribeiro, não houve consenso pela proposta e o colegiado de gestores de saúde estaduais e municipais nem ocorreu.

O objetivo da SES era realizar uma reunião extraordinária para deliberar sobre o tema, mas a discussão vai ficar para a próxima terça-feira (24), quando já estava marcada uma reunião ordinária.

A proposta do governo do Estado era adiantar a imunização do grupo de adolescentes de 12 a 17 anos com comorbidades, além daqueles com deficiência, gestantes e puérperas. “É uma população frágil e a opinião da Secretaria da Saúde é de que deveríamos antecipar em pelo menos em 14 dias”, disse Ribeiro.

O presidente do Conselho de Secretariais Municipais de Saúde de SC (Cosems/SC) e secretário de Tubarão, Daisson Trevisol, que representa os municípios junto ao Estado, foi procurado, mas não respondeu ao contato.

 

Rede Catarinense de Notícias