Geral

SC: Municípios não devem iniciar vacinação de adolescentes, diz Secretaria de Estado da Saúde

Por  | 

O Estado de Santa Catarina recebeu nesta segunda-feira (16) e durante o final de semana mais 421,1 mil doses de vacina contra a Covid-19, sendo 239.850 da farmacêutica Pfizer, 73.750 de Coronavac e 107,5 mil de AstraZeneca/Fiocruz.

A maior parte (221,6 mil doses) da carga recebida será reservada para garantir a segunda aplicação (D2). Ou seja, serão enviadas aos municípios 199,5 mil doses para primeira aplicação (D1), sendo 162.630 da Pfizer e 36.870 do Butantan.

A imunização segue os critérios de faixa etária (70% das doses) e para trabalhadores industriais (30%), além do atendimento aos grupos prioritários remanescentes.

Nesta segunda-feira (16), a Secretaria de Estado da Saúde (SES) fez um alerta sobre a vacinação de adolescentes. Em nota, a pasta disse que os municípios que já cumpriram a etapa de vacinação da população de 25 a 29 anos poderão avançar para a faixa de 18 a 24 anos, mas não poderão iniciar a vacinação da população abaixo de 18 anos.

Isso porque a imunização de adolescentes não foi autorizada pela Comissão de Intergestores Bipartite (CIB), que reúne gestores de saúde estadual e municipais.

Segundo a SES, o município que concluir a vacinação da população adulta deve informar o órgão para que faça o remanejamento de doses às cidades que ainda não finalizaram o calendário dos adultos.

 

 

 

Rede Catarinense de Notícias