Geral

RIO DO SUL: DIVE/SC confirma primeiro caso da variante Delta da Covid-19 no município

Por  | 

A Secretaria de Saúde de Rio do Sul foi notificada pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina que o município apresentou um caso de Covid-19 através da variante Delta. Trata-se de uma mulher, na faixa de 40 anos de idade, que teve sintomas na segunda quinzena de julho e já está recuperada.

Ainda em julho, atendida no Centro de Triagem da UPA 24h, ela apresentava alguns sintomas moderados da doença, sem a necessidade de internação. Vacinada com a primeira dose cerca de 20 dias antes dos primeiros sintomas da doença, ela teve amostra de exame RT-PCR coletada e encaminhada para o Lacen, em Florianópolis. De lá, o exame foi escolhido por amostragem e enviado para o Laboratório de Referência Nacional Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) do Rio de Janeiro com plataforma no Ceará. O resultado que apresentou a variante Delta foi divulgado na segunda-feira (9 de agosto).

A paciente foi contatada por profissionais da Secretaria de Saúde nesta terça-feira, sendo feito um mapeamento de sua rede de contatos. Naquele período, a filha, já em idade adulta, também teve resultado positivo para Covid-19 e com sintomas leves. Ambas ficaram em isolamento, estão recuperadas e sem qualquer alteração de saúde atualmente. Elas informaram que antes de ter sintomas, não viajaram e nem tiveram contato com viajantes.

A Secretaria de Saúde de Rio do Sul informa que será solicitado que o exame da filha desta mulher também passe por avaliação laboratorial para saber se é da variante Delta. E mantém-se o alerta sobre as necessidades de cuidado, prevenção, uso de máscara, limpeza frequente das mãos, e distanciamento social, inclusive de pessoas já vacinadas pois, ao que tudo indica, há transmissão comunitária do vírus na cidade.

Até o momento, o Estado detectou 36 casos da variante Delta em 20 municípios. As amostras foram selecionadas por meio da estratégia de vigilância genômica do SARS-CoV-2 em Santa Catarina, que tem como objetivo monitorar as mutações e variantes que circulam no estado, bem como compreender os padrões de dispersão e evolução do vírus durante a pandemia em curso e o possível impacto na epidemiologia da Covid-19.

A variante Delta

A variante Delta é da linhagem viral B.1.617, que apareceu na Índia em outubro de 2020. Em maio de 2021, após ser associada ao agravamento da pandemia, a cepa foi declarada como variante de preocupação pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Conforme um estudo divulgado em julho por pesquisadores ligados a OMS e ao Imperial College de Londres, a variante Delta é cerca de 97% mais transmissível do que o coronavírus original identificado na China, sendo assim ainda mais preocupante do que as variantes surgidas no Reino Unido (Alfa), na África do Sul (Beta) e no Brasil (Gama).

 

 

 

Departamento de Comunicação Prefeitura de Rio do Sul