Policial

SC fecha fim de semana do Dia dos Pais violento no trânsito com sete mortes nas estradas

Por  | 

 

No Dia dos Pais, o filho de Douglas Luis Clemente, de pouco mais de um ano, não pôde abraçá-lo. Isto porque Douglas morreu um dia antes, em um acidente na BR-282 em Florianópolis. Além dele, outras seis pessoas tiveram suas vidas interrompidas nas rodovias catarinenses neste fim de semana.

Foram pelo menos sete mortes nas rodovias federais e estaduais entre sábado e domingo, segundo dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Polícia Militar Rodoviária (PMRv). Mais do que o triplo do registrado no mesmo período no ano passado – duas mortes.

O número de vítimas teve um salto de 250% se comparar com o fim de semana de Dia dos Pais em 2020. Na ocasião, as duas mortes ocorreram em Campo Erê, na SC-305, e em Catanduvas, na BR-282, ambas no Oeste. Nos dois casos, as vítimas eram homens na faixa dos 30 anos.

Já em 2021, das sete vítimas fatais deste fim de semana, sete delas eram homens e uma era mulher. Foram cinco mortes no dia 7 e duas mortes no dia 8 de agosto. As federais lideram a lista como as rodovias mais violentas neste fim de semana: 5 mortes. As outras duas foram na SC-350, no trecho em Caçador e em Aurora.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Acidente em Aurora/Divulgação

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Imprudência e imagens chocantes marcam o fim de semana

Um dos casos desse fim de semana ocorreu na BR-101 em Joinville, no Norte de Santa Catarina. Um motorista embriagado foi preso após se envolver em um acidente que matou duas pessoas na noite de sábado (8). Outras cinco pessoas receberam atendimento dos bombeiros e do Samu.

Em Aurora, o flagra de uma câmera de monitoramento do choque violento entre um carro e uma moto repercurtiu nas redes sociais. O motociclista, de 25 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. A namorada, que estava na garupa, foi encaminhada ao hospital em estado grave.

Em Guaramirim, jovem é sepultado

“De noite o pai dá um beijão em você”. Esse foi o último recado de Douglas para o filho neste sábado (7). Ele estava em Florianópolis, participando da motociata do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), quando gravou a mensagem para a criança. O beijo, porém, não veio.

A moto onde ele estava bateu de frente com um carro na BR-282. Ele, que tinha 24 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

O sepultamento do motociclista ocorreu na tarde deste domingo (8), em Guaramirim, no Norte de Santa Catarina. Nas redes sociais, o relato da esposa emociona e dá uma dimensão das dezenas de histórias que podem ser interrompidas no trânsito, em questão de minutos.

“Por um descuido dessa vida, queria ter você aqui de novo. Eu amo você e você sabe disso”, diz a mensagem.

As mortes nas estradas de Santa Catarina neste fim de semana:

-BR-470: motorista, de 33 anos, morreu após bater em um caminhão em Pouso Redondo no sábado;

-BR-282: motociclista, de 24 anos, morreu após bater em um carro em Florianópolis no sábado;

-BR-101: dois homens morreram após uma colisão frontal na BR-101 na noite de sábado em Joinville;

-BR-101: homem, de 35 anos, morre após ser atropelado por um caminhão na tarde de domingo em Laguna;

-SC-350: mulher, de 38 anos, morre após sair da pista e capotar o veículo em Caçador na noite de sábado;

-SC-350: motociclista, de 25 anos, morre após bater na lateral de um carro na manhã de domingo em Aurora.

 

Fonte: Diário Catarinense