Geral

NORTE CATARINENSE: Gato-maracajá é resgatado e solto em área de mata após invadir propriedade e matar galinhas

Por  | 

Um gato-maracajá foi resgatado e solto em uma área de mata entre Jaraguá do Sul e Schroeder, no Norte catarinense, após invadir uma propriedade e matar cinco galinhas na quarta-feira (4). O animal não estava ferido.

Os bombeiros de Schroeder foram acionados por moradores em um bairro da cidade após o gato invadir o galinheiro e matar as aves.

Como o maracajá corre risco de extinção, os bombeiros precisaram de orientações de especialistas sobre o local ideal para soltura. Por isso, a equipe da Fujama, que atua somente em Jaraguá do Sul, se envolveu na ocorrência da cidade vizinha e ficou responsável por devolver o gato à natureza.

Segundo o biólogo e chefe de educação Ambiental da Fujama, Christian Lempek Raboch, o gato-marajá (Leopardus wiedii) , possui hábitos noturnos e come roedores, lagartos e aves.

Visto na Mata Atlântica, eles não apresentam riscos aos humanos e geralmente, vivem até 11 anos.

 

Fonte: G1