Geral

Parcela da população de SC vacinada contra Covid já supera a de infectados

Por  | 

Santa Catarina tem mais moradores totalmente imunizados contra a Covid-19 do que a soma de infectados desde o início da pandemia, segundo o Painel Coronavírus do NSC Total. Até esta quinta-feira (29), o Estado havia confirmado 1.110.742 casos confirmados, o que representa 15,32% da população. Em contrapartida, são 1.420.714 catarinenses com a segunda dose ou vacina de dose única – 19,59%. 

Entre os Estados, porém, Santa Catarina continua sendo o segundo com maior taxa de contaminação por Covid-19, atrás apenas de Roraima, onde 18,94% já se infectaram com o vírus. Além disso, o número também está acima da média nacional, que, atualmente, é de 9,37%.

Em relação à taxa de letalidade, atualmente, Santa Catarina está com 1,61%, uma das menores do país, atrás, apenas, do Amapá (1,57%) e de Roraima (1,55%).

Desde o início da pandemia, 17.932 mortes por Covid já foram confirmadas em Santa Catarina – só nesta quinta-feira foram mais 30 óbitos. Nesta quinta-feira, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) também confirmou mais 1.887 casos. Entre aqueles que ainda podem transmitir o vírus, ao todo são 13.523 casos ativos em ao menos 281 cidades catarinenses.

SC é o 5º Estado com maior número de imunizados 

Já em quesito vacinação, Santa Catarina aparece como o 5º Estado com o maior número de pessoas com a segunda dose ou a vacina de dose única, ou seja, que completaram o ciclo vacinal, ficando atrás, apenas, do Mato Grosso do Sul (32,09%), Rio Grande do Sul (25,88%), São Paulo (21,20%) e Espírito Santo (20,25%). 

Entre os estados brasileiros, apenas dois ainda não conseguiram imunizar mais pessoas que o número de infectados: Rondônia, com 13,47% de vacinados contra 14,33% da população infectada, e Roraima, com 12,47% de vacinados contra 18,94%. 

Nas últimas 24h, 22.802 pessoas receberam a primeira dose em Santa Catarina, enquanto outras 21.091, a segunda. Isso dá um total de 43.893 vacinas aplicadas. A média móvel está em 56.230, segundo dados do Monitor da Vacina, do NSC Total. Se continuar nesse ritmo, a vacinação em Santa Catarina pode terminar no dia 14 de janeiro. 

Por Cristian Edel Weiss e Luana Amorim/NSC