Geral

BR-470: Pregão da “operação tapa-buracos” está marcado para a próxima semana

Por  | 

O aguardado contrato com uma empresa para tapar os buracos da BR-470, no Alto Vale do Itajaí, deve consumir cerca de R$ 30 milhões em dois anos de manutenção. Conforme o edital do pregão marcado para 04 de agosto, o asfalto receberá melhorias entre o fim da duplicação  e o acesso a Otacílio Costa, um trecho de 126 quilômetros que cruza todo o Alto Vale. A buraqueira na estrada federal vem gerando protestos.

Pelo edital lançado pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), o contrato inclui roçadas, tapa-buracos, remendos técnicos, reparos profundos e correção de defeitos; pintura de sarjetas e meios-fios com cal, remoção de lixo e recomposição da drenagem. Não se trata de uma reforma da pista, mas de “manutenção e conservação”.

Como o pregão é por menor preço, as empresas devem apresentar propostas até o valor máximo de R$ 30 milhões. Ou seja, é possível que o governo precise desembolsar menos do que o estimado no edital.

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *