Geral

Petrolândia escolhe novo prefeito neste domingo em eleição com auditoria internacional

Por  | 

Cinco municípios brasileiros elegem neste domingo (13) seus novos prefeitos  vice-prefeitos: Sidrolândia (MS), Nova Pata do Iguaçu (PR), Campestre (MG), Espera Feliz (MG) e Petrolândia, no Alto Vale do Itajaí, em Santa Catarina.

Entre os cinco, porém, a pequena Petrolândia, com seus 5,9 mil habitantes, fará mais do que eleger seus administradores para os próximos anos, pois o pleito da cidade servirá para mostrar ao mundo a integridade e segurança do processo eleitoral no Brasil.

A cidade passa novamente por um processo eleitoral porque a chapa que foi escolhida pela população em novembro de 2020 teve o registro indeferido pela Justiça Eleitoral, pois os eleitos, Rogério Domingos (PP), o Déio, e Selmo Klauberg (PSD), deixaram de apresentar documentos comprovando que não havia processos contra eles dentro do prazo adequado.

A eleição em Petrolândia será acompanhada por uma missão internacional de observadores de transparência eleitoral. É a primeira vez que uma eleição suplementar no Brasil recebe este tipo de análise.

São integrantes das ONGs(Organizações Não Governamentais) Transparencia Electoral e Caoeste (Conferencia Americana de Organismos Electorales Subnacionales por la Transparencia Electoral) que vão acompanhar o processo eleitoral na cidade catarinense e levar a experiência do Brasil para outros lugares do mundo.

Além do acompanhamento internacional, as urnas também passarão por um teste de integridade, o que vai demonstrar aos eleitores e aos auditores – tanto do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), quanto das ONGs internacionais – a segurança oferecida pelas urnas eletrônicas.

O teste de integridade, iniciado no sábado (12), vai demonstrar a segurança das urnas. O teste consiste em comparar os votos recebidos pela urna eletrônica com votos em cédula de papel, em uma votação paralela ao pleito oficial.

Vivendo pela segunda vez o clima de disputa política em menos de um ano, Petrolândia tem três candidatos concorrendo ao cargo de chefe do Executivo: Angela Adriana Krindges (MDB), Edson Silva Padilha (PODE) e Irone Duarte (PP).

Os três disputam os votos dos 5.189 eleitores do município, que estão distribuídos em 21 seções nos cinco locais de votação definidos pelo TRE-SC (Tribunal Regional Eleitoral).

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *