Geral

Carlos Moisés é um dos nove governadores convocados a depor na CPI da Covid

Por  | 

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia aprovou nesta quarta-feira (26) a convocação de nove governadores, entre eles o governador de Santa Catarina Carlos Moisés, e a reconvocação do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello e do atual titular da pasta, Marcelo Queiroga. Os depoimentos ainda não têm data definida, mas o presidente do colegiado, Omar Aziz (PSD-AM), afirmou que as oitivas ocorrerão a partir da segunda quinzena do junho.

Foram convocados para depor os seguintes governadores: Wilson Lima (PSC), do Amazonas, Mauro Carlesse (PSL), do Tocantins, Carlos Moisés (PSL), Santa Catarina, Elder Barbalho (MDB), do Pará, Antonio Denarium (PSL), de Roraima, Waldez Goés (PDT), do Amapá, Marcos José Rocha dos Santos (sem partido), de Rondônia, Ibaneis Rocha (MDB), do Distrito Federal e Wellington Dias (PT), do Piauí.

Senadores incluiram na lista também o ex-governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), e a vice-governadora de Santa Catarina, Daniela Reinehr (PSL). Senadores fizeram um acordo para retirar o nome do atual governador do Rio de Janeiro, Claudio Castro (PSC), que à época não estava à frente da capital carioca.