Geral

Recuperação da SC-425 em Mirim Doce vai custar mais de R$ 8 milhões

Por  | 

As obras de recuperação da pavimentação do acesso ao município de Mirim Doce na rodovia SC-425 e entroncamento da BR-470 em direção a Pouso Redondo são uma antiga solicitação da comunidade e de políticos da região. Nesta semana o Governo de Santa Catarina informou que já está elaborando o processo licitatório para lançar o edital e que a recuperação deve custar mais de R$ 8 milhões.
O asfaltamento foi entregue no fim de 2011 e apresentou problemas logo após a conclusão. Na época, a empresa responsável chegou a fazer reparos na pista, mas os problemas com a pavimentação persistiram, e o Governo Estadual que investiu cerca de R$ 6 milhões na obra entrou na justiça para ser indenizado.
Agora a recuperação do trecho depende da elaboração do processo licitatório para contratação de empresa que fará a execução de serviços. Essa etapa já estaria em andamento conforme a Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade (SIE).
Por conta dos problemas que ocorreram depois da primeira obra, como buracos, ondulações e rachaduras, foram criados diversos comitês no município e até mesmo estudantes se reuniram em protestos para buscar uma solução. O engenheiro civil da Prefeitura de Mirim Doce, Ederley Bruno Müller Silva, explica que no momento em que foi feito o novo projeto para a recuperação, algumas autoridades e lideranças políticas locais estiveram acompanhando e buscaram auxiliar com informações sobre o clima da região, já que a parte de drenagem e questões relacionadas a água seriam importantes para a execução da obra. “Quando eles vieram fazer o levantamento para o projeto a gente foi lá junto com eles e em determinados pontos e pedimos uma atenção especial para evitar que aconteça de novo alguns problemas como na drenagem, pois a água aqui da nossa região é muito forte. A gente pôde ajudar alertando no processo do novo projeto”, relata.
Para a população de Mirim Doce que aguarda há anos por uma solução a obra já virou motivo de cansaço, já que as cobranças da comunidade e do Poder Executivo para a recuperação do trecho já vêm ocorrendo há muito tempo. O engenheiro Ederley Bruno Müller Silva ressalta que a obra traria mais facilidade e agilidade para a locomoção dos moradores. “Com certeza essa obra é muito importante para nosso município pois uma cidade ter parte do acesso pavimentada e parte não é ruim. Um acesso pavimentado agiliza muito para a população e só traz vantagens para Mirim Doce”, ressalta.
Procurada pela reportagem, a Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade (SIE) emitiu uma nota onde fala sobre as etapas para a recuperação. “Está em tramitação na SIE a elaboração do processo licitatório para contratação de empresa para execução de serviços de recuperação do pavimento da rodovia SC-425, acesso à Mirim Doce trecho do entroncamento da BR- 470 (para Pouso Redondo) a Mirim Doce com, extensão de 7,70 quilômetros. O valor estimado é de R$ 8.904.688,50 e o prazo previsto é de 11 meses após assinatura da ordem de serviço”, declarou.
Questionada sobre a data para conclusão dessa etapa, abertura da licitação e assinatura da ordem de serviço, a assessoria de imprensa informou que não é possível estimar uma previsão. “A assinatura da ordem de serviço deve ocorrer depois do lançamento e conclusão do processo licitatório, assinatura do contrato e então a assinatura da ordem de serviço. Não foi informada previsão, uma vez que a elaboração do processo licitatório segue em tramitação na SIE”.

 

 

Por: Cláudia Pletsch/Diário do Alto Vale