Saúde

Prefeitos definem regras unificadas para o Alto Vale

Por  | 

Em reunião realizada nesta sexta-feira (7) os secretários de Saúde e prefeitos da região decidiram unificar as restrições de enfrentamento a Covid adotadas em todos os municípios do Alto Vale. As novas regras, que entram em vigor na segunda-feira (10) valem pelos próximos 14 dias. Depois desse prazo uma nova reunião será realizada.

O presidente da Associação dos Municípios do Alto Vale do Itajaí (Amavi), prefeito Joel Longen explica que as decisões foram tomadas de forma conjunta. “Fizemos a deliberação e foi votado artigo por artigo”, contou.

Atualmente o Alto Vale está em região considerada de risco gravíssimo para o contágio. De acordo com a resolução que será publicada nos próximos dias, hotéis e pousadas, igrejas e cultos e inclusive academias poderão atender com capacidade máxima de 30% seguindo todas medidas sanitárias já previstas anteriormente.

A principal novidade é a proibição do consumo de bebida alcoólica nos balcões de atendimento de bares, pubs, lojas de conveniência, postos de combustíveis e similares. “O consumo poderá só ocorrer nas mesmas desde que respeitando as medidas sanitárias e depois das 20h não será permitido o consumo de bebidas alcoólicas nestes estabelecimentos”, esclareceu.

Conforme reconhecido na Lei Estadual nº 17.974 de 30 de julho de 2020, os serviços de alimentação, tais como restaurantes, lanchonetes, padarias e similares são considerados essenciais ainda que em estado de calamidade, emergência, epidemia ou pandemia, por isso não há determinação de horário de funcionamento.

Ele ainda pediu a compreensão da população para respeitar o isolamento social, especialmente neste Dia dos Pais, data em que muitas famílias se reúnem. “Não é hora de fazer festa e aglomeração, temos que ter a conscientização. As medidas foram tomadas, mas agora se não baixarmos a curva de contágio, o Estado vem e pode fechar tudo o que seria muito ruim para todo o Alto Vale”, finaliza.

A implantação de mais cinco leitos de UTI no Hospital Bom Jesus em Ituporanga, e outros 10 leitos no Hospital DR. Waldomiro Colautti deve ocorrer nos próximos dias.

 

Reportagem: Helena Marquardt/Diário do Alto Vale