Esporte

Após anúncio de novo decreto em SC, estadual fica sem datas e pode ser cancelado

Por  | 

Nova determinação, que prevê aumento na abrangência das restrições, inviabiliza competições e eventos esportivos em todo o Estado até 7 de agosto; FCF ainda não se pronunciou

O campeonato Catarinense nunca esteve tão perto de ser cancelado. Nesta sexta-feira (24), o governador Carlos Moisés definiu por um novo decreto de enfrentamento ao avanço da Covid-19 em todo o território do Estado. Essa nova medida inclui a prorrogação da suspensão das atividades físicas coletivas, pelo menos, até o dia 7 de agosto.

Ao que parece, a bola 2020 do campeonato não deverá voltar a rolar – Foto: Patrick Floriani/FFC

Com a nova determinação os jogos de volta das quartas de final do estadual, marcados para a próxima semana, estão vetados. O detalhe é que esses confrontos já deveriam ter acontecido no início do mês, mas um surto de casos entre os clubes participantes – principalmente na Chapecoense – fez com que o Executivo tomasse providências e, assim, optasse por transferir a rodada.

A reportagem do nd+ tentou o contato com a assessoria da FCF (Federação Catarinense de Futebol que afirmou “não ter um posicionamento oficial”. O presidente da entidade, Rubens Angelotti, também não foi localizado.

Informativo é esclarecedor

Embora a nova determinação, que entra em vigor a partir da próxima segunda-feira, não conste no Diário Oficial do Estado, o informativo repassado pela assessoria do governo é bem claro.

“O Governo do Estado também decretou a prorrogação da suspensão de competições e eventos esportivos em todo o Estado até 7 de agosto de 2020″.

A data referida como término do decreto, inclusive, coincide com a estreia e as vésperas dos três representantes de Santa Catarina na Série B do campeonato. O Avaí, inclusive, joga no dia 7, na Ressacada, contra o Náutico.

Já o Figueirense tem estreia marcada para o dia seguinte, 8, contra o Operário-PR. A Chapecoense fecha a primeira rodada no domingo, no interior de São Paulo, para duelo contra o Oeste.

 

REDAÇÃO ND, FLORIANÓPOLIS