0:00
0:00
quarta, 30 de novembro de 2022

Em 5 dias, região descarta 47 pessoas monitoradas com problemas respiratórios

Participe do nosso grupo e receba as principais notícias na palma da sua mão.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatApp.

Ainda há sete casos suspeitos com material coletado para exame

As Secretarias de Saúde da região de Canoinhas deixaram de monitorar 47 pessoas desde sexta-feira, 3, quando 169 pessoas estavam apresentando sintomas de problemas respiratórios. A maior queda ocorreu em Canoinhas e Itaiópolis, onde 17 pessoas deixaram de ser monitoradas em cada uma destas cidades. Conforme o boletim da Polícia Militar, que monitora a situação na região, divulgado nesta quarta-feira, 8, 122 seguem monitoradas. Outras sete pessoas tiveram material coletado para exame.

CIDADE        SUSPEITOS*            MONITORADOS     CONFIRMADOS

Bela Vista do Toldo   0          8          0

Canoinhas       0          15        0

Irineópolis       1          0          0

Mafra  5          25        1

Major Vieira   0          4          0

Monte Castelo            0          9          0

Papanduva      0          11        2

Porto União    1          40        0

Itaiópolis         0          5          0

Três Barras      0          10        0

* a diferença entre suspeitos e monitorados é que os casos suspeitos coletaram material para exame, os monitorados, não

O fato de 47 pessoas terem deixado de serem monitoradas é porque passou o ciclo de 14 dias nos quais os sintomas poderiam se agravar. Não significa que eles não tiveram a doença, podem ter incubado o vírus, mas de forma assintomática (sem sintomas).

Nesta terça-feira, 7, o governador Carlos Moisés (PSL) disse que nos próximos 14 dias se saberá os efeitos do isolamento social adotado no Estado nas últimas três semanas. Ele promete um relaxamento maior das regras de isolamento a partir da próxima segunda-feira, 13.

 

www.jmais.com.br

 

Sugestão de Pauta