0:00
0:00
segunda, 27 de junho de 2022

Hospital de Ibirama organiza ala exclusiva para pacientes com doenças respiratórias graves

Participe do nosso grupo e receba as principais notícias na palma da sua mão.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatApp.

Na tarde desta quinta-feira, 19, a diretoria do Hospital Doutor Waldomiro Colautti, de Ibirama, juntamente aos representantes dó corpo médico e de enfermeiros, repassou orientações sobre o protocolo de atendimentos que serão realizados na unidade, referente a pacientes com sintomas de doenças respiratórias agudas.

O objetivo é garantir leitos para atendimento de pacientes infectados após o pico de disseminação do vírus na região. Pacientes que sofrem de outras doenças serão transferidos para o Hospital Maria Auxiliadora, em Presidente Getúlio, que disponibilizou 30 leitos para atendimento. “Nosso objetivo é evitar que pacientes que estejam infectados com o Coronavírus, ou acometidos de outras doenças respiratórias agudas, sejam atendidos no mesmo ambiente que pacientes portadores de outras doenças”, explicou o gerente técnico da unidade hospitalar, médico Nilson Carvalho Correa.

O diretor do Hospital, Roberto Ferrari, afirmou que os 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva serão priorizados para os pacientes com doenças respiratórias agudas e com suspeita do Coronavírus. “Se a Secretaria de Estado de Saúde conseguir disponibilizar os equipamentos necessários, conseguiremos dobrar o número de leitos para atendimento, conforme necessidade”, destacou.

 

Pacientes com suspeita devem procurar Unidades Básicas de Saúde

A diretora do Departamento de Vigilância Epidemiológica da Gerência Regional de Saúde de Rio do Sul, Ana Paula Sebold, explicou que o primeiro contato do paciente com suspeita deve ser feito com a Unidade Básica de Saúde de referência. “O hospital não terá condições de absorver toda esta demanda, considerando que os atendimentos de urgência e emergência permanecem sendo realizados, independente da propagação do vírus”, destacou.

Devem procurar as unidades de saúde, pessoas que viajaram para o exterior, ou que tiveram contato direto com pacientes com a Covid-19, confirmados por exames laboratoriais e que apresentem sintomas gripais e febre. “Obrigatoriamente estas pessoas devem permanecer em suas casas, pelo período de sete dias, e serem monitoradas pelo serviço de Atenção Básica dos municípios”, destacou.

A Secretaria de Saúde de Ibirama disponibilizou o Centro de Triagem Covid-19, onde o cidadão pode fazer o contato telefônico, ou por aplicativo de mensagens, para tirar dúvidas e saber como proceder. Os telefones são 3357-8640 e 98874-0881.

 

Consultas e cirurgias eletivas estão suspensas

Conforme Decreto de Emergência do Governo do Estado de Santa Catarina, as consultas e cirurgias eletivas, as quais não tem caráter de urgência, estão temporariamente suspensas e que os procedimentos serão reagendados no futuro, conforme fila de espera dos pacientes.

 

A maternidade e os serviços de atendimento de emergência permanecem em funcionamento normal.

 

Casos de Coronavírus na região do Vale Norte

Até o momento, seis pacientes fizeram a coleta de material para análise no Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), de Florianópolis. Quatro exames atestaram negativo e dois, sendo um de Ibirama, ainda aguardam resultado. Neste período eles estão isolados em casa, sendo monitorados pela rede municipal de Saúde.

 

Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Ibirama
Texto e fotos: Rafael Beling – Jornalista SC 03532-JP

 

Sugestão de Pauta