0:00
0:00
quarta, 29 de junho de 2022

Prefeitura de Presidente Getúlio assina contrato com instituições que apoiam crianças e adolescentes

Participe do nosso grupo e receba as principais notícias na palma da sua mão.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatApp.

A Prefeitura de Presidente Getúlio, por meio do Fundo Municipal da Infância e Adolescência (FIA) vai repassar mais de R$ 145 mil a seis instituições beneficiadas pelo programa. A assinatura dos Termos de Colaboração aconteceu nesta quarta-feira (26). O documento celebra a parceria entre a administração pública e as entidades, para o atendimento de crianças e adolescentes do município.

O objetivo é apoiar o desenvolvimento de cerca de 300 crianças e adolescentes, propondo ações pedagógicas, culturais e de prevenção ao uso de drogas, criando perspectivas diferentes da rotina e em alguns casos, até uma oportunidade de carreira. As ações são voltadas aos jovens, no período em que não estão na escola.

Veja abaixo a lista de instituições, números de crianças atendidas e o objetivo de cada projeto:

Academia de Letras: atenderá 20 crianças de 12 a 17 anos, desenvolverá ações de estímulo às atividades artísticas, esportivas culturais e de lazer, que promovam a inclusão social.

Bombeiros Voluntários: atenderá 42 adolescentes, de 15 a 17 anos, com temas de proteção de sociedade civil e atividade bomberil, além da prevenção ao uso de substâncias psicoativas.

Associação Nova Vida: atenderá 50 jovens de 07 a 17 anos visando a educação ambiental e sustentabilidade.

Grupo Escoteiro Guarapirá: Atenderá 45 crianças de seis anos e meio até 17 anos, promoverá ações de autoconhecimento, a convivência e fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, para formar cidadãos mais comprometidos com o coletivo.

Grupo de Artes e Cultura Santuário de Xucros: Atenderá inicialmente 15 crianças e adolescentes de seis a 17 anos, oferecerá aulas de dança e declamação, para a manter a cultura gaúcha.

APAE: Atenderá 18 crianças e adolescentes de seis a 17 anos, e promoverá a inclusão social para pessoas com deficiência.

LEIA MAIS: Entrevista do Dia: Abertura do Ano Literário de 2020 da Academia de Letras do Brasil, seccional Presidente Getúlio

Deixe um comentário

 

Sugestão de Pauta