Geral

Diretoria Provisória do PSL de Taió deixa o partido.

Por  | 

Em Taió, o diretório do partido PSL, que funcionava provisoriamente, deixaram o partido. O então presidente da sigla no município. Em publicação  em uma rede social, o então presidente, informa os motivos da debandada. Confira a íntegra da nota:

 

COMUNICADO – PSL DE TAIÓ

A Diretoria Provisória do PSL de Taió vem através desta página comunicar aos eleitores e amigos, que o grupo político que há quase dois anos iniciou um trabalho de apoiamento e desenvolvimento desta sigla, está oficialmente deixando o partido.

A decisão se dá devido ao fato de que membros ligados ao diretório estadual vêm tomando decisões, inclusive municipais, sem o conhecimento dos líderes que aqui estão e que naturalmente deveriam ter o comando.

Inclusive recentemente, a presidência do PSL taioense foi oferecida pessoalmente pelo deputado que preside o PSL/SC, a políticos de outro partido. Situações similares, aconteceram em outras cidades.

Não nos comunicaram da visita ao município. Ainda disseram para políticos locais que o PSL daqui não tinha diretório e, que não existia mais.

“Então quer dizer que servíamos apenas para pagar os boletos contábeis que mantinham o partido em dia? É isso?”

“Cadê o fundo partidário pra cobrir estes custos?”

Nós não queríamos o PSL gigante, mas sim correto e com uma visão única. A visão de Jair Messias Bolsonaro. Por não ter essa liderança nem transparência partidária, o próprio deixou o PSL e iniciou os trabalhos de fundação do Aliança Pelo Brasil! Inclusive, o Aliança não estará pronto no tempo determinado por lei, para que pré-candidatos sejam filiados.

Assim, este grupo liderado pelo advogado Marco Carvalho, que é Assessor Especial da Ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, foi convidado pelo Republicanos10 para fazer parte deste novo time, nos dando tranquilidade e segurança política nessas eleições. Sem amarras nem cabrestos.

Lembrando que a liderança do PSL/SC não tem mais nenhuma ligação com o presidente Bolsonaro, tampouco terá, quem for assumir a sigla aqui em Taió. O PSL não terá condições de dizer que tem o apoio de Jair Bolsonaro. O próprio diretório estadual não tem mais ligação com Bolsonaro, já que preferiu defender o lado de Luciano Bivar, resolvendo ter vida própria e ignorar que cresceu com o nome Bolsonaro.

Nos próximos dias receberemos a visita de lideranças estaduais do Republicanos, para que o direcionamento correto seja tomado.

Nosso grupo é respeitado pelos políticos de bem de Taió, tanto é que mesmo nessa situação, vamos compor uma chapa majoritária para as eleições que se aproximam.

Não existe fidelidade partidária. Aqui existe fidelidade a Jair Messias Bolsonaro! Aqui nossa imagem pública é ligada ao Presidente e isso PARTIDO NENHUM IRÁ TIRAR DE NÓS!

Informamos ainda que esta página passará por manutenção nesta semana. Ela não pertence a partido, mas sim ao grupo bolsonarista de Taió. Ela estará onde estivermos.

 

MARCO CARVALHO

EX-PRESIDENTE DO PSL DE TAIÓ