Geral

Amplanorte discute projeto de duplicação da BR 116 em Brasília

Por  | 

Reunião com a ANTT, em Brasília/Divulgação/Amplanorte

Haverá maior periodicidade das reuniões para que o projeto executivo previsto possa ser entregue final de março de 2020

Nesta terça-feira, 6, os prefeitos da Associação dos Municípios do Planalto Norte Catarinense (Amplanorte), da Associação dos Municípios da Região do Contestado (Amurc) e da Associação dos Municípios da Região Serrana (Amures), estiveram reunidos  com a direção da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) em Brasília.

O encontro que foi marcado na sexta-feira, 31, na sede da associação teve o objetivo de discutir junto à direção da ANTT a continuidade do processo de duplicação da rodovia BR-116.

Welligton Bieleck, presidente da Amplanorte e prefeito do município de Mafra, ressaltou a importância do assunto para a região e segundo ele essas iniciativas tornam a região cada vez mais atrativas economicamente para instalação de novas empresas.

A duplicação da BR-116 é uma luta antiga da Amplanorte que em conjunto com outras associações, representadas pelo Grupo Paritário de Trabalho, discute com a concessionária a duplicação dos trechos urbanos de todos os municípios catarinenses cortados pela rodovia, trevos, acessos, marginais, entre outras, apontando as prioridades dos municípios da região.

O grupo trata-se de uma comissão tripartite que reúne membros da sociedade civil, da concessionária e dos usuários, num fórum permanente que discute, fiscaliza e representa os interesses da região.

SOBRE A BR-116

A BR 116 é a maior rodovia do Brasil e também é conhecida por ser uma das mais perigosas, devido ao fato de haver muitos veículos pesados de carga, ônibus, que somados ao elevado número de automóveis que também circulam pela BR 116 geram acidentes e tráfego intenso em alguns trechos.

A responsável pela administração do trecho da BR-116 que passa pelos municípios da Amplanorte, é a autopista Planalto Sul (412,7 km), fazendo a ligação da capital paranaense à divisa dos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Por solicitação dos participantes da reunião, foi decidido que haverá uma maior periodicidade das reuniões, de forma que, as tratativas avancem e o projeto executivo previsto possa ser entregue final de março de 2020.

Além do prefeito de Mafra, estiveram presentes na reunião em Brasília, Jean Carlo, prefeito de Monte Castelo e Hélio Daniel Costa, secretário executivo da Amplanorte.

 

Jmais.com