Saúde

Macaco é encontrado morto em Gaspar no fim de semana e suspeita é de Febre Amarela

Por  | 

A Secretaria de Saúde de Gaspar, no Vale do Itajaí, reforça o pedido para que todos os que ainda não se vacinaram contra a febre amarela procurem um posto de saúde. Um macaco foi encontrado morto na região neste fim de semana e a suspeita é que ele tenha sido infectado pelo vírus.

O bugio foi encontrado morto em região de mata fechada do bairro Belchior Alto. A Prefeitura de Gaspar reforça que a causa do morte do animal ainda não foi confirmada e que ele foi recolhido para as devidas análises.

Segundo informações do site ND Mais, A coleta do corpo foi feita na manhã desta terça-feira (28) pela médica veterinária da Secretaria de Agricultura do município com o auxílio da Vigilância Epidemiológica de Gaspar. Exames com material coletado do animal serão realizados pelo Laboratório FioCruz, do Paraná e mostrarão se o primata estava infectado com o vírus da febre amarela.

A unidade de saúde e a Vigilância Epidemiológica foram até as casas dos moradores que residem perto do local em que o bugio foi encontrado para averiguar a caderneta de vacinas e, se necessário, aplicar a vacina contra a Febre Amarela. Os macacos não transmitem a febre amarela, eles são vítimas da doença, assim como os humanos.

A febre amarela é transmitida apenas pela picada do mosquito infectado. Matar macacos é crime ambiental e prejudica o controle da doença, já que ao contraírem o vírus, servem de alerta para a presença da doença no local.

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *