Geral

SC: A manifestação de Geovânia de Sá sobre suspensão de apoio à sua pré-candidatura

Por  | 

A suspensão do apoio da Igreja Assembleia de Deus para a pré-candidatura à reeleição da deputada Geovânia de Sá, do PSDB, foi um dos  assuntos que dominou os bastidores políticos no fim de semana. O motivo foi o apoio ao governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, que concorre nas prévias do PSDB para a candidatura à  Presidência da República. A deputada deve se pronunciar oficialmente ao logo da semana sobre o fato mas fontes próximas informam que ela “está em paz” e que recebeu inúmeras mensagens de apoio.

A gravação divulgada por um pastor da Igreja Assembleia de Deus e que foi divulgada em redes sociais, foi o estopim para a reunião da  Convenção da Igreja que definiu pela suspensão do apoio à reeleição de Geovânia de Sá.

Em 2014, na primeira vez que disputou a eleição para deputada federal, ela já não teve o apoio da igreja Assembleia de Deus.

Já existe nos bastidores estaduais a informação que o deputado estadual Ismael dos Santos, do PSD, inicialmente pré-candidato à reeleição para uma cadeira na Assembleia Legislativa, possa receber a benção da igreja para concorrer a deputado federal.

A Assembleia de Deus havia aprovado em convenção o apoio para a pré-candidatura de Kennedy Nunes para o senado, que não teve mudanças, do deputado Ismael dos Santos à reeleição como pré- deputado estadual e da deputada Geovânia de Sá para a pré-candidatura a deputada federal.

A Assembleia de Deus em Santa Catarina está presente em todas as 295 cidades catarinenses. São 2.800 templos que acolhem 300 mil integrantes.

 

 

POR: KARINA MANARIN/ ND+